Make your own free website on Tripod.com

IGREJA DO D-US de ISRAEL

Ouve Israel, o Eterno é nosso D-US, o Eterno é Um!

MINISTÉRIO ADORAI AO CRIADOR - SOROCABA

 

 

A Casa do Tesouro!

 

“Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa”      Malaquias 3:10

Onde Fica a Casa do Tesouro?

“O pastor da minha igreja disse que a Casa do Tesouro é a Associação, portanto deveríamos enviar o dízimo para lá. Mas há alguns irmãos de um ministério independente que estão dizendo que a Casa do Tesouro é a Igreja Local. O que devo fazer? Para onde devo enviar o dízimo do Senhor? Sou um cristão sincero e quero fazer a vontade de Deus, mas estou confuso...”

Frequentemente tenho encontrado pessoas com esta dúvida. Para onde devo enviar o dízimo? Toda a discussão sobre quem é o legítimo receptor do dízimo acaba culminando na questão “Onde Fica a Casa do Tesouro?”

A grande causa das dúvidas sobre onde está a “Casa do Tesouro” é a falta de base bíblica sobre o assunto do dízimo. Se você pedir a um adventista do sétimo dia que lhe diga versículos da Bíblia que mencionem o dízimo, muito provavelmente ele se lembrará de um, e somente um: Malaquias 3:10. O nosso povo não conhece a história do dízimo na Bíblia e como a aplicação foi alterada ao longo da história.

Pergunta: Quando Abraão deu o dízimo a Melquisedeque, onde ficava a Casa do Tesouro? Havia um templo naquela época?

A grande falha na compreensão do assunto do dízimo é imaginar que o dízimo sempre esteve relacionado a um espaço físico, à “Casa do Tesouro”, por exemplo. A Casa do Tesouro era um depósito de mantimento (cereais) que foi construído no templo de Zorobabel. No tabernáculo do deserto não havia “Casa do Tesouro”. Neemias também chamou a “casa do tesouro” de “câmaras do tesouro” (Nee 12:44)

Malaquias viveu após o retorno do exílio babilônico e quando se referiu à “Casa do Tesouro” estava falando sobre estas “câmaras do tesouro” que não existiam na época de Abraão e também não existem em nossa época.

Embora o elemento “casa do tesouro” ou “câmaras do tesouro” não seja um ingrediente obrigatório em todas as fases da história do dízimo, ao analisarmos esta história percebemos que o SACERDÓCIO é um ingrediente sempre presente ao falarmos sobre “dízimo”. Isto significa que sempre que o dízimo é mencionado na Bíblia, isto ocorre em conexão com o sacerdócio, mas nem sempre em conexão com um espaço físico equivalente à “Casa do Tesouro”.

A grande questão para os cristãos hoje não deveria ser “Onde fica a casa do Tesouro?”, mas sim “Quem são os verdadeiros sacerdotes do Senhor? No que consiste este sacerdócio hoje? Qual a relação entre este ministério sacerdotal e o dízimo?”

Hebreus 7 é um capítulo cuja leitura é obrigatória para os que se interessam por estas questões relacionadas ao dízimo. Você conhece algum outro trecho bíblico sobre o dízimo, escrito por um apóstolo? Hebreus 7 é o único texto sobre dízimo aplicável na dispensação cristã. (O contexto de Mateus 23:23 ainda está vinculado com a dispensação mosaica uma vez que Cristo ainda não havia morrido).

Hebreus 7 apresenta o sacerdócio de Melquisedeque como sendo o sacerdócio vigente para os cristãos. No sacerdócio de Melquisedeque a casa do tesouro não é algo físico, geograficamente situado e limitado num espaço físico. Na ordem de Melquisedeque tanto o sacerdócio quanto o templo são representados pelos crentes. Os crentes são os sacerdotes. Os crentes são o templo.

“Pois nós somos santuário de Deus vivo” II Cor. 6:16

“Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real” I Pedro 2:9

Note que outra característica do sacerdócio de Melquisedeque é a consolidação da autoridade sacerdotal e do poder real. Melquisedeque além de sacerdote, era rei de Salém. Semelhantemente Jesus, é rei e sumo-sacerdote. Nós também fazemos parte deste sacerdócio e reinaremos com Cristo os mil anos:

“Bem-aventurado e santo é aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele durante os mil anos.” Apoc 20:6

De acordo com Hebreus 7 a lei do dízimo mudou juntamente com a mudança da ordem sacerdotal:

“E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que estes também tenham saído dos lombos de Abraão... Pois, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei” Hebreus 7:5 e 12.

Qual foi a última vez que você ouviu um sermão sobre o dízimo onde o pregador mencionou o capítulo 7 de Hebreus? Pode imaginar porque nossos pastores preferem ficar com Malaquias 3:10 e ignorar Hebreus 7?

Conclusão

No sacerdócio de Melquisedeque não existe “Casa do Tesouro”, mesmo assim a lei do dízimo vigora nesta ordem sacerdotal. O dízimo hoje deve ser usado para o exercício do “sacerdócio real” mencionado em I Pedro 2:9. Este sacerdócio, exercido por todos os crentes, consiste no anúncio “das grandezas dAquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”

“Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”. I Ped. 2:9

As pessoas que anunciam o evangelho são dignas de receber os benefícios do dízimo. Isto inclui pastores, obreiros remunerados ou leigos, enfim, o dízimo é um direito do sacerdócio real exercido por todos os crentes.

A responsabilidade da má utilização do dízimo é dos sacerdotes, ou seja, de todos nós. Cada um de nós deverá prestar contas a Deus sobre como cada centavo do “nosso” dízimo foi aplicado. Você é um sacerdote da ordem de Melquisedeque e tem uma responsabilidade intransferível sobre como “seu” dízimo é aplicado. Os que estiverem verdadeiramente comprometidos com o ministério de salvação de almas farão questão de que o dízimo seja aplicado na pregação do evangelho. Por outro lado, os que não estão totalmente comprometidos com a obra ficam indiferentes quanto a esta questão e esperam um dia jogar a responsabilidade de sua infidelidade sobre a associação.

Ricardo Nicotra

 

COLABORE COM ESTE SITE ENVIANDO-NOS O SEU ESTUDO!

  R u a   J o ã o   D o r e t t o ,   5 0   –   P q    E s m e r a l d a 

SOROCABA - SP

RETORNAR